O que será que vai acontecer em 2017?

25 de novembro de 2016 por na categoria Saúde, Sustentabilidade com 0 e 0

Depois de tantos acontecimentos impactantes no mundo todo, o que o Brasil mais precisa agora é de energia

 

2016 não foi um ano fácil para muitas pessoas. Veio a tal crise político-econômica que afetou milhares (se não milhões) de brasileiros, a queda da Dilma e do PT com um todo, a chegada de Temer como presidente, Sérgio Moro, ações da polícia federal, Lava-Jato… Foram muitos assuntos polêmicos e conturbados que dividiram a opinião pública. Se de um lado o impeachment de Dilma trouxe novas esperanças para alguns, para outros foi uma verdadeira afronta. Há quem veja Sérgio Moro como um herói contra a corrupção, enquanto outros acham que ele é só mais uma marionete do poder. E por aí vai.

Além de tudo o que acontece no Brasil, Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos sob polêmicas, declarações contundentes e até mesmo perigosas, que deixaram o mundo inteiro preocupado, inclusive muitos brasileiros. Os empresários também sentiram uma inquietação na escolha de Trump, pois os investimentos futuros dos Estados Unidos no Brasil ficaram incertos.

Mas voltando para o povo brasileiro, a sensação que se passa é que em geral estamos cansados de tantas incertezas e preocupações. Talvez desde a Copa, época em que começaram a surgir os escândalos de corrupção e onde muita gente já se levantava contra o Brasil sediar um evento que gastaria muito dinheiro, em detrimento do atendimento público, que se tornava cada vez pior. Até mesmo a derrota para a Alemanha deixou o povo mal! E da Copa para o final de 2016 nossos sentimentos não tinham mais como ficar equilibrados. A cada acontecimento ficamos ansiosos, nervosos, esperançosos, tristes, alegres, deprimidos, eufóricos… É um turbilhão de emoções, todas ao mesmo tempo. E digo isso sem levar em conta os que defendem e os que acusam todas as situações pelas quais passamos. O que quero deixar claro é que TODOS ficamos cansados emocionalmente. E isso é perigoso, pois nesses momentos de emoções oscilantes, não conseguimos ter paz e sossego na mente. O sono fica perturbado, trabalhar é mais difícil, não dá para relaxar totalmente, pois não sabemos o que esperar do futuro.

Só que estamos no final de novembro, falta pouco para o ano acabar. E isso é bom, pois muitas pessoas vão voltar sua atenção para o Natal, passagem de ano e férias. Nessa época os ânimos melhoram, surge o espírito de compreensão, a vontade de estar próximo de quem realmente importa para nós. E todo fim de ano traz também a esperança de que o próximo será melhor. Acredite, muitas pessoas sentem a esperança e a energia renovadas depois do dia 31 de dezembro.

Então o que nós da Vitale queremos passar de mensagem para este final de ano é que vale a pena sim dar uma chance para 2017. Aproveite este momento para planejar um novo futuro para você, novos caminhos a serem seguidos. Deixe que a esperança de melhorias faça parte de você, dos seus pensamentos. E o mais importante, encontre formas de renovar suas energias. Vá descansar em uma praia, ou no campo se você preferir. Se a crise deixou você sem dinheiro, encontre outra forma de descansar, talvez em uma pescaria, num churrasco com a família e amigos, assista filmes, ouça música, leia um livro, caminhe pelas ruas. O que vale é manter a cabeça longe dos problemas pelo menos por alguns momentos. Aproveite o aqui e o agora e deixe para resolver problemas na hora certa. Se nada disso para você é possível, então busque apoio nas pessoas que te fazem sentir bem. Converse, desabafe. Deixe que a negatividade caia por terra e encha-se de boas energias!

Lembre-se: um problema só é problema se tiver solução. Se não tem solução, então não é problema. E os problemas nunca acabam. Sempre surgem outros. Mas também sempre surgem boas oportunidades. Nem tudo na vida é ruim, o momento atual é que está propício para nos deixar sentindo assim. Existem sempre bons momentos que precisamos curtir! São esses momentos que nos energizam para continuarmos em frente!

Adicionar comentário

© 2014 - VITALE INTEGRAL ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação